Pages

Ads 468x60px

,

quinta-feira, 2 de junho de 2011

FISCALIZAÇÃO SANITÁRIA MUNICIPAL DIRECIONADA PERSEGUITIVA



Sou a favor da fiscalização sanitária em nosso município, ela garantirá as nos consumidores a garantia de qualidade nas mercadorias que adquirimos no comercio local.
Mas gostaria de ver um vigilância sanitária mais competente, sem fiscalizações direcionadas com intenções perseguitivas.
Estão cobrando dos comerciantes açougueiros, carnes advindas de abatedouros, sendo que o próprio município não oferece essa condição legal.


É realmente necessário uma mercadoria vinda de um local onde houve inspeção sanitária, mas por que o município também não assumo a sua responsabilidade?


Se o comerciante é obrigado a cumprir tal norma, o município também é, tem as mesmas obrigações. Não tem apenas o direito de cobrar, mas também a obrigação de oferecer condições para o abate dentro das especificações.


Dizem que investem muito na saúde, mas  se recusam em construir um pequeno abatedouro. Investir em um abatedouro também é investir na saúde, será que não sabem disso?


E por falar em fiscalização direcionada, vai ai algumas indagações:
Será que esta fiscalização sanitária é mesmo isenta nos atos nos dia a dia?
Será que fiscaliza tudo e a todos como deveria?
Será que ela já foi ao engenho do sr. prefeito fiscalizar o que lá é produzido?
Por que no comércio local há produtos de origem animal de outro estado com apenas com selo de inspeção estadual e nenhuma providência é tomada?
Qual o interesse de fazer vista grossa para essa irregularidade?
Fiscalizar é preciso, mas também é preciso primeiro também dar as condições a aqueles que serão fiscalizados.
Por que  mercadorias  com o selo de inspeção estadual de goiás são comercializadas aqui no município e a vigilância sanitária municipal não toma providências?
Será que a vigilância sanitária é tão mal informada sobre essa irregularidade?


A MIRANTE DA VERGONHA

A MIRANTE DA VERGONHA

Blogger templates

VEJA AS HORAS NO MUNDO